sábado, 18 de abril de 2009

A bailarina e o violonista.


O surgimento de uma grande ideia é uma coisa completamente imprevisível mesmo. Esses momentos de epifania (em especial esses que ocorrem em conjunto) são mágicos. Diogo meu querido, vamos levar isso pra frente, e botar pra tocar a caixinha de música. Vai ser lindo, lindo.
No mais quero convidar todo mundo pra assistir a peça Ópera que fica em cartaz até amanhã, às 21 e 30 da noite no Teatro Apolo. Inteira é dez e meia é cinco. Vale a pena demais.
Tô muito cansada pra escrever mais alguma coisa, minha cama chama lindamente, a todos uma boa noite.

3 comentários:

  1. botar pra tocar a caixinha de música é uma coisa que eu também quero. Precisa de alguém pra dar a corda né? mas depois a bailarina dança sozinha, mas com a música, sempre!

    ResponderExcluir
  2. Mas heim??
    Isso num foi ônti?O_õ?

    ResponderExcluir
  3. ah se eu tivesse dinheiro, teria ido =~

    ResponderExcluir